Advertisement

Advertisement

Advertisement

Advertisement

Advertisement

6/23/19
7:01 PM
Save

O jovem famoso por tocar violino nos protestos da Venezuela contra o presidente Nicolás Maduro, Wuilly Arteaga, denunciou que foi torturado durante seus dezenove dias de detenção e que foi testemunha do estupro de uma manifestante. Plaza Altamira, no leste de Caracas. Arteaga, de 23 anos, considerou que no instante

Advertisement

Advertisement